O Estado da Arte sobre as contribuições epistemológicas de Gaston Bachelard para o Ensino de Ciências

Luana Marciele Morschheiser, Mayra Alonço, Paola Andreza Ávila Soares, Marco Antonio Batista Carvalho, Lourdes Aparecida Della Justina, Rosana Franzen Leite

Resumo


A presente pesquisa do tipo Estado da Arte apresentou as contribuições epistemológicas de Gaston Bachelard, por meio da análise dos artigos disponíveis no Portal de Periódicos da CAPES. Diante do predomínio dos conceitos bachelardianos em diversas áreas do conhecimento, investigamos a prevalência dos estudos publicados que citam Bachelard como pressuposto epistemológico. Como objetivo, analisamos as pesquisas que abordam Bachelard e ensino, a nível nacional, verificando se essas produções relacionam-se ao ensino de ciências. Assim, foram empregados os seguintes descritores conforme colocado por Megid Neto: Ano de Publicação, representando uma alta relativa nas pesquisas nessa área na última década; Área de Pesquisa, indicando que mais da metade dos trabalhos contemplam o Ensino de Ciências;  Foco Temático, que atribuiu destaque ao foco filosofia da ciência e, por fim  elencou-se um descritor emergente que a partir dos dados extraídos para composição do corpus, contempla a frequência dos conceitos bachelardianos presentes nas publicações analisadas, sendo, Epistemología Histórica, Obstáculos Epistemológicos e Perfil Epistemológico, como fundamentação ao referencial teórico das obras.

Palavras-chave


Gaston Bachelard. Ensino de Ciências. Epistemologia Histórica. Obstáculos Epistemológicos. Perfil Epistemológico.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2022 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.