Alfabetização e letramento no contexto amazonense

Dilceanne da Silva Coelho, Corina Fátima Costa Vasconcelos, Jadson Justi

Resumo


O processo de alfabetização e letramento, por ser um momento de descoberta, de leitura do mundo, deve ser prazeroso e dinâmico, dando à criança a oportunidade de expressar seu contexto de vivência e fantasias. Nesse sentido é que a literatura infantil assume papel fundante no processo de aquisição da leitura e das escritas de crianças. Esta pesquisa objetiva investigar a prática docente no processo de alfabetização e letramento de crianças com a mediação da literatura infantil. Esta pesquisa caracteriza-se como qualitativa e foi realizada em uma escola pública de Parintins, Amazonas, Brasil, cujos participantes são estudantes em processo de alfabetização e letramento (1º e 2º anos) do ensino fundamental I e sua respectiva professora. A produção de dados foi realizada por meio da observação participante, entrevista informal e oficinas realizadas com as crianças. Os dados revelam que a prática de alfabetização e letramento da professora está assentada somente no processo de alfabetização, faceta linguística, ler e escrever. Embora utilize a literatura infantil nos momentos de leituras para as crianças, não lhe é atribuído sentido pedagógico. É fundamental que a literatura infantil se faça visível na escola e na vida dos alunos, pois somente por meio dela é possível que a criança se reconheça como ser humano detentor da capacidade de aprender e repassar conhecimento, seja capaz de compreender o mundo com uma visão generalista e também adquira as habilidades de leitura e escrita no processo de alfabetização e letramento.


Palavras-chave


Alfabetização e letramento; Literatura infantil; Prática docente

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2022 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.