O Judiciário como palco: a formação performática do jurista

Mara Magda Soares, Bruno de Oliveira Rodrigues

Resumo


Este trabalho pretende discutir e desenvolver uma reflexão crítica e interdisciplinar sobre o papel do direito penal midiático, através de julgamentos de grande repercussão, no processo de reprodução da mão-de-obra jurídica na acadêmica jurídica. O objetivo é pensar a formatação do ensino jurídico nas escolas de direito proporciona a construção de um profissional que reflete sobre a função social do direito e reconhece padrões mínimos de uma ética de respeito e reconhecimento ao outro, ainda que este porte signos de repulsa e represente um violador do pacto contratual de fundação social. Com isto vamos analisar um caso específico, que ganhou notoriedade e que permite-nos refletir aspectos de repetição e reprodução social de um habitus comum na seara jurídica nos palcos dos tribunais do júri, que é a agressividade verbal e a desacreditar o outro imotivadamente enquanto parte do processo de subjetivação e como estas práticas internalizam e se replicam nas escolas de Direito.


Palavras-chave


Ensino jurídico. Tribunal do Júri. Práticas Performáticas.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.