Jogos mundiais dos povos indígenas (2015): discursos e representações

Caio Reina Lotufo

Resumo


O presente artigo pretende cruzar alguns acontecimentos políticos e movimentos históricos que envolvem a realização da primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas em 2015 no Brasil. Este cruzamento por sua vez, reverbera diretamente na produção dos discursos sobre este evento que evocam, de um lado, um debate constantemente reeditado acerca da função social das práticas esportivas, e de outro, a permanência de elementos de representação social sobre os povos indígenas.

Palavras-chave


Jogos Indígenas; Megaeventos esportivos; Associativismo Étnico; Terena; História do Tempo Presente

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.