Associativismo, reconhecimento e acesso às políticas públicas: o papel pedagógico da participação dos usuários

Angela Vieira Neves, Melina Sampaio de Ramos Barros, Felipe Portela Bezerra, Avelina Alves Lima Neta

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a relação entre associativismo, participação social e o reconhecimento dos sujeitos políticos através da pedagogia da participação no acesso às políticas públicas sobre a representação da sociedade civil a partir de um estudo de usuário da assistência social em dois espaços participativos. Buscamos mostrar as principais questões relacionadas ao associativismo de seus conselheiros e a importância da participação social e cidadã para representantes vulneráveis da política de assistência social no acesso às políticas públicas. Essa pesquisa utilizou metodologia qualitativa através de análises de documentos e de entrevistas aplicadas aos sujeitos que compunham os dois espaços de participação entre os anos de 2018 e 2019. Os resultados revelam alguns efeitos políticos: reconhecimento do associativismo desses sujeitos como cidadãos por meio da sua trajetória participativa; relevância da participação como uma pedagogia na luta por direitos sociais e o acesso às políticas públicas por meio do ativismo como um ganho para seu reconhecimento como sujeito de direitos e cidadão. 


Palavras-chave


Participação. Associativismo; Democracia; Cidadania; Reconhecimento.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.