Um recorte do perfil demográfico de mulheres negras imigrantes, que residem em São Paulo

Maria Cecília Leite de Moares, Climene Laura de Camargo

Resumo


Este trabalho apresenta parte da pesquisa “Condições de vida de mulheres negras imigrantes”, já que os deslocamentos humanos constituem relevante tema no mundo contemporâneo. O artigo exibe aspectos do o perfil sociodemográfico de 33 mulheres pertencentes ao grupo e, contempla as seguintes variáveis: idade, país de origem, grau de instrução, atividade atual e tempo de residência no país. Os resultados destacam que a maior parte das imigrantes vieram de Angola. Das entrevistadas, 60% estavam na faixa etária entre 31 e 40 anos, 94% possuíam ensino médio e superior e 45% estavam desempregadas. Mesmo diante dos dados, as imigrantes negras continuam a vir para o Brasil. Constata-se a importância da formulação de políticas públicas que incluam esta população, já que a mesma, ao chegar, torna-se parte da sociedade brasileira.

Palavras-chave


Imigrantes; Gênero; População Negra

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.