Democracia deliberativa em sociedades multiculturais: os desafios da legitimidade e da autodeterminação

Leonardo Barros Soares

Resumo


o livro resenhado apresenta os dilemas enfrentados pelas democracias liberais multiculturais em face da presença de grupos etnoculturais diversos dentro das fronteiras dos estados nacionais. Partindo da ideia de que a democracia deliberativa é o modelo normativo ideal mais adequado para promover um diálogo político consequente entre estes grupos e a sociedade dominante, a obra promove uma vigorosa crítica de conceitos centrais da filosofia política moderna. Na sequência, as discussões constroem uma vigorosa defesa da participação dos grupos minoritários no maior número de espaços de poder em uma dada sociedade. Suas conclusões fundamentais compreendem que apenas um vigoroso investimento na educação intercultural, na consciência ecológica e na construção de redes de engajamento cívico robustas pode resultar em sociedades políticas mais capazes de processar suas demandas e aptas a diminuir as iniquidades históricas construídas ao longo dos séculos.

Palavras-chave


deliberação; multiculturalismo; autodeterminação

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.