Identidades territoriais Kalunga da/na Comunidade Quilombola do Mimoso, em Tocantins

Elizeth da Costa Alves, Augusto Rodrigues da Silva Junior, Maria Geralda de Almeida

Resumo


Nesse artigo objetiva-se discorrer sobre as identidades  territoriais Kalunga, da Comunidade Quilombola Rural Mimoso em Tocantins. Amparados pela geografia cultural, realizamos observações em pesquisas de campo, estudo bibliográfico e análise de narrativas. Utilizamos de metodologias qualitativas e tecemos reflexões acerca das relações dos Kalunga com o espaço social produzido. Acreditamos que as narrativas orais, advindas da tradição oral e compartilhada entre as gerações por meio da memória, formam o vínculo temporal com o passado e com o local onde os sujeitos Kalunga vivem. Portanto, entendemos que os aspectos imateriais, com base nas narrativas orais, são elementos relevantes para a configuração das identidades territorial, da comunidade em questão.

Palavras-chave


Populações Tradicionais; Geografia Cultural; Território; Tradição oral; Cultura

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2020 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.