Território e modo de vida quilombola em São Tomé de Tauçú, no Rio Acutipereira, no Município de Portel (Pará–Brasil)

Christian Nunes da Silva, Edinael Pinheiro da Silva, Ricardo Ângelo Pereira de Lima, Hugo Pinon de Souza, Geovani Gonçalves Farias

Resumo


O artigo objetiva analisar o modo de vida dos quilombolas de São Tomé de Tauçú, no rio Acutipereira, no município de Portel (PA), a partir de seu cotidiano e do uso do território. Assim, verificou-se que, a partir da criação de um assentamento no rio Acutipereira e de sua proximidade com o quilombo de Tauçú, o cotidiano destes quilombolas vem sofrendo alterações. Por meio de observações no local de estudo, foram identificados dados quantitativo e qualitativo. Portanto, a inserção de novos agentes, de políticas públicas e de culturas diversas está gerando modificações na vida dos quilombolas no município de Porte.


Palavras-chave


Território. Modo de vida. Quilombolas. Amazônia

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2020 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.