Entre o Kula e a Dádiva: confluências e de divergências entre duas categorias de pensamento

Amaro Xavier Braga JR

Resumo


O trabalho, constituído de forma ensaística, se estrutura a partir da análise bibliográfica, de base hermêutica, de dois dos conceitos mais famosos e recorrentes nos estudos clássicos de teoria antropológica: a instituição do Kula, estudada por Bronislaw Malinowski, na Escola Britânica e os estudos sobre a Dádiva efetuados por Marcel Mauss na Escola Francesa, apontando as diferenças e semelhanças entre as duas abordagens. Propõe que há uma interpelação de base econômica em que ambos atuam no movimento das dinâmicas sociais do grupo, com a ressalva que todo e qualquer sistema de troca tem valor comercial, mas que não são absolutos e nem deve reduzir o fenômeno ao mercantilismo; e, posteriormente, no estabelecimento simbólico, dos valores de troca; e se distanciam na percepção da ideia de posse sobre o bem e de como este bem conduz o prestígio e as regras sociais que regulam as trocas.


Palavras-chave


Teoria Antropológica; Bronislaw Malinowski; Marcel Mauss; Categorias de Pensamento.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.