Violência e conscientização: percepções e (re)conhecimento dos estudantes

Larissa Bernadino Leite Oliveira, Luiz Ricardo Oliveira da Silva, Bruno de Oliveira Ribeiro

Resumo


A violência é um fenômeno abrangente que está presente no contexto social. Por isso, há necessidade de se compreender melhor as percepções dos alunos da Educação Básica sobre as diferentes formas de violência que eles (re)conhecem e convivem. A pesquisa foi realizada com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental II em uma instituição escolar de Rio Verde-Goiás. O objetivo foi conscientizar e analisar as percepções dos alunos identificando o que eles entendiam por violência. Com isso, foram lançados alguns questionamentos que despertassem a vivência com este fenômeno, verificando os espaços sociais em que a violência está presente as percepções de suas possíveis causas. Na sequência foram desenvolvidas algumas atividades pedagógicas para que os alunos compreendessem que existem outras formas violência, e não somente a física, como reconhecido pela maioria. Com a intervenção realizada, o resultado foi uma maior conscientização das diferentes formas que a violência assume na sociedade e no cotidiano escolar e não-escolar. Com efeito, as violências estão distantes do currículo pedagógico, pois no contexto atual e tendo como base este estudo de caso realizado, percebemos que temáticas como a violência é, apesar de relevante, pouco discutida dentro do ambiente escolar. É necessário compreender novas concepções do que seja violência, a fim de minimizá-la na vida em sociedade.

Palavras-chave


Violência. Escola; Educação; Conscientização.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.