Religião e dignidade humana na perspectiva de ateus universitários: um estudo exploratório

Vitor Hugo Rinaldini Guidotti, Bianca Regina de Queiróz Mesquita, Micaela Aparecida Pellissari Ganzarolli, Mateus Espindola Giuliangeli de Castro, Pedro Vinicius Neres Chagas da Silva

Resumo


Desde o início do milênio, foi significativo o aumento de manifestações ateístas ao redor do mundo, incluindo produções literárias de intelectuais reconhecidos na comunidade científica, debates sobre ateísmo e religião e o aparecimento de organizações ateístas em diversos países, principalmente no ocidente. O Brasil é um dos lugares em que isso é evidenciado, em especial por conta de alguns acontecimentos referentes a grupos de ateus ocorridos nos últimos anos. Neste sentido, este trabalho procurou compreender como ateus universitários compreendem a religião em relação a defesa da dignidade da pessoa humana. A partir da realização de entrevistas semiestruturadas e embasados pelas abordagens teóricas sobre religião, buscou-se analisar as percepções de ateus a respeito do tema. Com o conteúdo das entrevistas foi possível chegar a algumas conclusões, e dentre as que mais se destacam citamos: a diferença de concepção de religião entre o grupo entrevistado e as manifestações de grupos ateus brasileiros, o reconhecimento das religiões de matriz africana como uma forma de luta contra a intolerância e de defesa étnico-cultural, além do apontamento do cristianismo, sobremaneira os segmentos católico e evangélico, como promotores de intolerância religiosa.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.