Tecendo memórias, preservando o passado e desenvolvendo o agora: museus, memória e patrimônio cultural no contexto da economia criativa

Daniel Luciano Gevehr, Junéia Laila Braun

Resumo


Este estudo tem como foco a temática dos museus como espaço de preservação da memória e do patrimônio cultural e a economia criativa. Busca estabelecer as bases conceituais sobre memória, patrimônio cultural, museu, e economia criativa compreendendo sua importância para a preservação da cultura e da história e contribuir para a valorização e modernização destes espaços. A produção desta pesquisa deu-se por meio de levantamento bibliográfico, sendo assim, trata-se de um estudo de natureza teórica. Através de levantamento sobre museu, memória, preservação de patrimônio e economia criativa, a pesquisa se valeu de uma revisão bibliográfica para a construção da fundamentação teórica, base deste estudo. Identifica-se a partir dos conceitos explanados que a valorização e preservação do patrimônio e da memória, através do contexto museal, é um importante espaço de construção da identidade coletiva e individual. O museu, como espaço de preservação do patrimônio cultural, aliado à economia criativa, através de abordagens mais modernas no que concerne a apresentação de novas e criativas formas de atrair visitantes, pode criar dinâmicas diferentes interagindo mais com seu público. Dessa forma podem tornar-se espaços mais democráticos no sentido de alcançar um número maior de visitantes e promover a valorização da identidade e preservação da memória da localidade onde está inserido.

Palavras-chave


Museu. Memória; Patrimônio Cultural; Preservação. Economia criativa.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2020 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.