Web 2.0: Repassando a breve história da “nova galáxia midiática”

Dilnéia Rochana Tavares do Couto

Resumo


A comunicação social e, em especial, o jornalismo passam por um processo de transformação tanto de suas características internas como de seus âmbitos e personagens de atuação. A comunicação em rede vem oferecendo grandes e importantes desafios à comunicação social midiática tradicional. Se, por uma parte, a estrutura da comunicação precisou ser repensada e redimensionada no que tange aos interesses cidadãos que nascem e ganham voz na comunicação em rede, por outra parte, o jornalismo tradicional tampouco ficou a margem destas reivindicações, impondo-lhe o desafio de reinventar-se na era da informação e comunicação em rede. Tais demandas nascem especialmente de um novo papel que o cidadão assume no novo entorno político que se construiu na “Rede”, uma mobilização social que identifica uma grande pluralidade de novas formas de fazer e entender as funções que cabem ao jornalismo na “galáxia midiática”. Considerando este panorama, este artigo pretende apresentar uma análise sob a forma de diagnóstico desta realidade que mudou a práxis comunicativa no novo entorno midiático.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2018v11n1.p163-171

Direitos autorais 2018 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.