Da última onda de integração infraestrutural no continente sul-americano: um balanço conciso

Daniel Chaves

Resumo


Neste texto sobre o debate de escopo mais amplo da Integração Regional Sul-americana, pretende-se ofertar uma breve e concisa apreciação acerca do passo contextual do início de século, a respeito dos projetos e das possibilidades de integração através da infraestrutura energética e rodoviária do subcontinente em seu período pré-crise financeira internacional (2002-2012). Notamos a vitalidade da política externa brasileira sobre a região especialmente após as contribuições dos governos brasileiros do período nas suas regularidades e descontinuidades.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2018v11n1.p119-130

Direitos autorais 2018 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.