A contribuição do futebol feminino na favela do Mandela ante da falta de políticas públicas

Rubens Teixeira Silva

Resumo


O objetivo do presente trabalho é demonstrar a colaboração do futebol como instrumento de política pública e as contribuições para as pessoas envolvidas e para a comunidade local. A região é cercada de um complexo de favelas, com 44051 moradores residentes, no total de 15 favelas. O projeto tem atuado na região desde 2003, contribuindo com o empoderamento de jovens mulheres, com a diminuição da taxa de maternidade precoce, com a ocupação de crianças, adolescentes e jovens, não os deixando a disposição do tráfico de drogas. Este estudo reuniu informações tratadas através do método qualitativo, utilizou-se de uma pesquisa de campo tratada através da utilização de entrevistas e visitas ao projeto. Os resultados obtidos revelaram a promoção de capacidades de jovens relacionados à interação com a sociedade, racismo, preconceito, sexualidade, drogas e qualidade de vida através da prática de esportes.

Palavras-chave


Política pública, desenvolvimento, pobreza e projetos sociais

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2020 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.