Conflitos socioambientais no século XXI

Daguinete Maria Chaves Brito, Cecília Maria Chaves Brito Bastos, Rosana Torrinha Silva de Farias, Daímio Chaves Brito, Gabriel Augusto de Castro Dias Dias

Resumo


Os conflitos sociais estão presentes e são inerentes as sociedades humanas, independente do contexto histórico e do espaço geográfico, estes nem sempre se mostram negativos e se tornam importantes para o crescimento e desenvolvimento das sociedades. No século XXI o conflito que se apresenta com maior evidência se relaciona ao uso e preservação (e ou conservação) dos recursos naturais, denominado conflitos socioambientais, são fundamentais por conter nas suas análises a discussão da permanência da humanidade no planeta. A natureza faz parte dos interesses difusos, isto é, cada indivíduo gostaria que os recursos naturais fossem preservados/conservados, porém, poucos adotam estas ações como preponderantes em suas atividades socioeconômicas, aumentando a pressão sobre a natureza e a escassez de bens naturais se torna iminente. Neste contexto é imprescindível avaliar a possibilidade de inversão do processo e ponderar sobre a comunalização de alguns recursos naturais e isto significa transformar em bens comuns, recursos anteriormente privatizados, atitude que intensificará os conflitos relacionados à natureza. Objetivando avaliar as teorias relacionadas aos conflitos envolvendo os recursos naturais em países desenvolvidos e em desenvolvimento foi realizada pesquisa bibliográfica sobre as principais teorias e metodologias aplicadas na resolução de conflitos socioambientais.


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2012 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.