AS EXPERIÊNCIAS LATINO-AMERICANAS NA BUSCA POR AUTONOMIA: UM EXERCÍCIO ANALÍTICO PELA ÓTICA DA ECONOMIA POLÍTICA INTERNACIONAL E DO PENSAMENTO SOCIAL LATINO-AMERICANO

Mariana Davi Ferreira, Jaime Cesar Coelho

Resumo


O presente artigo objetiva analisar o cenário no qual emergem as transformações políticas e econômicas que marcam a América Latina no limiar do século XXI, a partir de movimentações que apontam para a busca por maior autonomia frente à condição de dependência estrutural que demarca a região. Neste sentido, compreendemos tais processos de busca de autonomia como respostas às experiências neoliberais dos anos 1990. Partimos do quadro analítico-conceitual da Teoria Marxista da Dependência (TMD) para apreensão dos determinantes estruturais da dependência latino-americana e dos condicionantes conjunturais que possibilitaram uma maior autonomia a essas economias dependentes, resultando nas atuais experiências alternativas em curso na região. Tomando estes aspectos como referenciais, primeiramente realizamos uma discussão acerca da necessidade do reconhecimento da contribuição da TMD no campo da Economia Política Internacional, para a análise da realidade latino-americana. Em seguida, retomamos algumas categorias da TMD que apontam para o papel que a América Latina cumpre no processo de acumulação capitalista. Logo, estabelecemos uma interlocução entre os determinantes estruturais da dependência latino-americana e as alterações advindas do processo de financeirização, que origina uma nova fase histórica da dependência. Por fim, indicamos os aspectos conjunturais que possibilitaram a ascensão de experiências alternativas em alguns países da América Latina, tendo como foco de trabalho o conceito de autonomia das economias periféricas sobre os condicionantes estruturais da dependência.


Palavras-chave


América Latina; capitalismo; autonomia; dependência

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2017v10n2.p123-146

Direitos autorais 2017 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.