OS ESTADOS BRASILEIROS NA TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA: SIMILARIDADES E CARACTERÍSTICAS DISCRIMINANTES

Pascoal José Marion Filho, Lauana Rossetto Lazaretti, Patricia Batistella, Felipe Orsolin Teixeira

Resumo


O tema transição demográfica vem se destacando nos debates acadêmicos e políticos por induzir a mudanças estruturais e levar ao redirecionamento de demandas da sociedade. O processo vem ocorrendo de maneira acelerada e heterogênea entre as regiões e dentro delas. O objetivo da pesquisa é identificar as similaridades na transição demográfica entre os estados brasileiros e agrupa-los pelas suas características socioeconômicas, nos anos de 2000 e 2010. Utiliza-se o método de análise fatorial para identificar os fatores comuns associados ao grau de relação, a técnica multivariada de cluster para agrupar os estados brasileiros e uma análise de discriminante para verificar quais variáveis possuem maior peso para a formação dos agrupamentos. Os dados utilizados são do IBGE (2016), DATASUS (2016) e PNUD (2016). Os resultados mostram que o processo da transição demográfica não é neutro, pois há relação entre as mudanças demográficas, econômicas e sociais, e que alguns estados brasileiros apresentam similaridades e características distintas no processo em 2000 e 2010, o que possibilita formar clusters de acordo com cada fase. Verifica-se também que nas regiões Sul e Sudeste a transição demográfica está em fase mais adiantada, e segue avançando para os demais estados brasileiros.

Palavras-chave


Transição Demográfica. Brasil. Estados brasileiros. Clusters.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2017v10n2.p09-24

Direitos autorais 2017 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.