FORMAÇÃO DE EDUCADORES DO CAMPO NA AMAZÔNIA AMAPAENSE: UM ESTUDO SOBRE O PROCAMPO NA UNIFAP

Heliadora Georgete Pereira Costa, Roni Mayer Lomba

Resumo


Este artigo tem por objetivo apresentar resultados da pesquisa sobre a formação inicial dos docentes das escolas do campo realizada nos cursos de Licenciatura em Educação do Campo conveniados com o Programa de Apoio à Formação Superior em Licenciatura em Educação do Campo (PROCAMPO) e a Universidade Federal do Amapá (UNIFAP). É uma abordagem qualitativa, cuja metodologia constou de pesquisa documental com a análise de editais, projetos pedagógicos e o memorial dos cursos do Procampo e a pesquisa de campo com a aplicação de questionários e entrevistas semi-estruturadas direcionadas aos egressos e docentes, a fim de discutir a materialização e os impactos dessa política na formação dos professores no Estado do Amapá. A análise dos dados revelou, de um lado, que a Licenciatura em Educação do Campo implantada na UNIFAP é um importante desafio para a instituição devido à falta de tradição com este modelo de licenciatura e, de outro, como um avanço para as políticas educativas de formação dos trabalhadores do campo


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2016v9n3.p99-119

Direitos autorais 2016 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.