A PÓS-GRADUAÇÃO EM PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL NO BRASIL: QUATRO DÉCADAS DE REFLEXÕES TERRITORIAIS

Jadson Luís Rebelo Porto, Ivo Marcos Theis

Resumo


Este trabalho visa analisar o comportamento de cursos de pós-graduação stricto sensu reconhecidos pela CAPES, da subárea de Planejamento Urbano e Regional, no período de 1970-2015. Após 45 anos de existência desta subárea, percebe-se forte atuação em termos de análises multidisciplinares nas pesquisas realizadas, como, também, uma descentralização regional de cursos de mestrado e doutorado para a formação da massa crítica de pesquisadores em temáticas regionais e urbanas, em problemas relacionados às transformações espaciais e políticas públicas e em questões referentes às dinâmicas socioterritoriais. Para atingir o objetivo proposto, o texto foi dividido em duas seções: na primeira se expõe o sistema de avaliação dos programas de pós-graduação no âmbito da CAPES, enquanto na segunda se examinam os programas da subárea Planejamento Regional e Urbano, com especial atenção para a sua evolução no Brasil


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/pracs.2016v9n3.p33-46

Direitos autorais 2016 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.