O DESENVOLVIMENTO LOCAL INTEGRADO ENTRE AS CIDADES DE MACAPÁ E SANTANA (ESTADO DO AMAPÁ, BRASIL)

José Alberto Tostes, Ana Cláudia Machado Souza, José Francisco Carvalho Ferreira

Resumo


O presente artigo discute as relações estabelecidas entre as cidades de Macapá e Santana no estado do Amapá. Macapá e Santana juntas atuam como região indutora do desenvolvimento do Estado e influenciam as dinâmicas econômicas de um conjunto de ilhas do Pará e do interior do Amapá. Compõem as duas principais portas de entrada das atividades econômicas do Estado, o Aeroporto, localizado em Macapá, e o Porto, localizado em Santana. Também recebem influência e são estruturas indutoras e se conectam com a terceira porta de acesso ao Estado, à região de Fronteira do Oiapoque. As duas cidades articulam-se entre si por via rodoviária (Rodovia JK e Duca Serra) e por via fluvial. Sendo Macapá considerada a porta aérea do Amapá, articula-se em uma relação multiescalar (regional, nacional e global).


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2016 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.