Elementos para a construção do sentido e o significado do conceito de população tradicional e sua importância para o século XXI

José Bittencourt da Silva

Resumo


A priori, não se pode dizer que existe um modelo de população tradicional que sirva de base real para sua conceituação. O que existem são grupos humanos que por apresentarem algumas características gerais, podem ser denominadas como “tradicionais”. O presente artigo pretende apresentar discussões e debates acerca do conceito de população tradicional e sua importância para as questões ambientais da atualidade. A construção do sentido e do significado desse conceito liga-se historicamente ao socioambientalismo dos extrativistas da borracha do estado do Acre e, posteriormente, a outros povos da floresta amazônica. O fulcro conceitual dessas populações reside no sentido dado as suas ações econômicas, culturais, simbólicas etc. calcadas na sustentabilidade ambiental. Para a consecução do objetivo deste trabalho, buscou-se fundamentar as argüições em pesquisa bibliográfica realizada em biblioteca virtual e física, assim como em acervo pessoal. O que segue são aprofundamentos acerca da temática levantada sobre o conceito e a importância dessas populações para o século XXI.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 1969 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.