Uma experiência de educação profissional no Centro Socioeducativo de Internação: possibilidades e desafios

Lucilene Sousa Melo, Silvia Maria Melo Gonçalves

Resumo


O presente artigo faz parte de uma dissertação de mestrado que está sendo desenvolvida na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e apresenta a primeira experiência de Educação Profissional realizado pelo Instituto Federal do Amapá-IFAP com adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Centro Socioeducativo de Internação (CESEIN) em Macapá. Participaram da pesquisa 03 adolescentes que estavam matriculados no curso de Formação Inicial e Continuada Horticultor Orgânico. Os dados foram coletados através de entrevistas e questionários. Os resultados demonstraram que apesar dos desafios e dificuldades encontradas na dinâmica do cotidiano do Centro Socioeducativo como: fugas, desinteresse, falta de motivação e entre outros, e ainda por essa população encontra-se em plena intensidade emocional e transformações biológicas, e incluindo a privação de liberdade é possível sim, realizar atividades voltadas para a formação profissional. As ações educativas desenvolvidas pelo IFAP no âmbito da medida socioeducativa de internação preveem a garantia ao direito à educação profissional através de um espaço que sirva de transformação social, no qual adolescentes que vivem à margem da sociedade, com baixa escolaridade, usuários de drogas e com reiterações nos delitos possam construir novas significações sociais através da intervenção escolar.


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2014 PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.