Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista PRACS (ISSN 1984-4352) tem por objetivo a divulgação da produção científica regional, nacional e internacional na área de humanidades diante dos seus debates interdisciplinares e plurais, com atenção especial às discussões do âmbito da Ciência Política, das Relações Internacionais, do Planejamento Urbano e Regional / Demografia e da Educação. Está aberta, portanto, para colaborações do Brasil e do exterior. Os procedimentos de análise e apreciação dos artigos pelos pareceristas são realizados com o anonimato dos autores dos respectivos trabalhos e pareceristas (avaliação cega). O prazo de recebimento das contribuições de artigos é com fluxo contínuo. Está indexada em diversas bases de dados nacionais e internacionais.

A PRACS prioriza publicações de autoria ou co-autoria doutoral, respeitando contudo a diversidade de saberes das áreas com sensibilidade sobre os diferentes padrões, níveis e lógicas de cada campo do conhecimento.

A PRACS surge no âmbito da Universidade Federal do Amapá e, mais especificamente, do Departamento de Fliosofia e Ciências Huamans, francamente relacionada com Programas de Pós-Graduação como o de Estudos de Fronteira (PPGEF), o Mestrado em Desenvolvimento Regional (PPGMDR) e os diversos relativos ao debate do Ensino, com a intenção de participar e, com sucesso, fortalecer tais discussões. A abrangência dessas áreas permite aos colaboradores publicarem artigos multidisciplinares e que apresentem a atmosfera acadêmica de produção do conhecimento em um mundo globalizado, complexo e contraditório. Tendo por matéria-prima a realidade, os artigos elaborados a partir dela terão como pano de fundo de suas interpretações a perplexidade, a dúvida e as possibilidades que marcam o ambiente intelectual do início do milênio. É com o propósito de trazer à tona o espírito desse tempo que foi produzida esta revista. Obviamente, ela não pode deixar de fora as comunicações científicas convencionais, os comentários rápidos, os relatos de experiência e revisões que atualizam e substanciam os referenciais teóricos da atualidade. Mas o eixo da revista é o olhar críitico sobre o presente com o olhar do presente. O olhar polêmico e atento pronto para integrar novos e velhos paradigmas. Pronto para avançar além do acúmulo de dados coletados e de gráficos e tabelas apresentadas. Pronto para participar do novo olhar científico que se aponta no horizonte.

 

Políticas de Seção

Artigos

Os trabalhos poderão ser submetidos por estudantes de pós-graduação, professores, pesquisadores e profissionais graduados, desde que em consonância com as informações contidas nas Diretrizes para Autores.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Aceita resenhas de 04 a 07 páginas, de livros recém-lançados nos últimos três anos, que tenham relação com a política editorial da revista. Deve ser inserido no desenvolvimento do texto uma imagem da capa do livro resenhado, obrigatoriamente.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Entrevistas

Esta seção publicam-se entrevistas realizadas com um indivíduo ou grupo de pessoas notórias, no âmbito acadêmico, cultural e científico. Deve ter entre 10 a 20 páginas.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos serão avaliados pelo Conselho Editorial da Revista e, se aprovados, serão encaminhados à avaliação dos pareceristas. Após as devidas correções e possíveis sugestões, o artigo será publicado se tiver parecer favorável, e recusado se tiver parecer desfavorável. Ainda assim, a decisão sobre a publicação ou não do artigo será do Conselho Editorial da revista. A avaliação é "cega", isto é, sem identificação dos autores e suas respectivas titulações, bem como dos avaliadores externos, observando-se o sigilo em ambos os casos.

 

Periodicidade

PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP foi publicada de 2008 a 2013 com periodicidade anual. A partir do ano de 2014, sua periodicidade é semestral e o recebimento das submissões é ininterrupto. Adota a política de publicação imediata dos trabalhos aprovados após o processo de avaliação de mérito, revisão de língua portuguesa, normalização e diagramação de layout. Os textos dos artigos são publicados individualmente no Sumário de cada fascículo assim que são finalizados os seus procedimentos editoriais. Desta forma, o sumário de um novo fascículo poderá ter sua editoração incompleta até que todos os seus artigos estejam finalizados.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Sem taxas de submissão de artigos - Não são cobradas taxas dos autores referentes à submissão de artigos (No submision charges).

Sem taxas de processamento de artigos - Não são cobradas taxas dos autores referentes ao processamento de artigo (No article processing charges).

A revista adota a política do copyleft, isto é, após a publicação é livre a reprodução para fins não comerciais, desde que o autor e a fonte sejam citados.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração através do Manifesto de Publicação do LOCKSS. Saiba mais...

Preservação Digital - os artigos publicados na PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP estão em processamento de preservação digital por meio da Rede Cariniana (Rede Brasileira de Serviços de Preservação Digital), órgão vinculado ao IBICT/MCTI. As edições da revista que já foram publicadas, de 2008 a 2014, foram verificadas e aprovadas pela Rede Cariniana (status: released), e as edições de 2015 são candidatas a testes de pré-preservação (status: manifest). Confira em: .

 

Avaliação Qualis - CAPES

PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP na avaliação Qualis - CAPES, ano de 2013,  foi classificada nas seguintes áreas:

Área de avaliação

Estrato

Economia

B5

Educação 

B5

Geografia

B5

Interdisciplinar

B4

Planejamento Urbano e Regional/Demografia

B2

Psicologia

B4

Sociologia

B5

 

Dos aspectos éticos da pesquisa

Tratando-se de atividades de pesquisa que envolva experimentação com seres humanos e animais, o/s autor/es deve(m) observar as exigências da Resolução nº 196, de 20 de dezembro de 1995, do Conselho Nacional de Saúde (disponível em:http://dtr2004.saude.gov.br/susdeaz/legislacao/arquivo/Resolucao_196_de_10_10_1996.pdf), comunicando na metodologia do trabalho o parecer do Comitê de Ética em Pesquisa da(s) instiuição(ões) envolvida(s), bem como que os sujeitos assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.

Quando envolver produtos transgênicos, o Certificado de Biossegurança deverá ser comunicado na metodologia do trabalho, conforme Decreto Federal nº 1.752, de 20 de dezembro de 1995.

Se comprovado plágio em qualquer trabalho publicado, a Universidade Federal do Amapá isenta-se de qualquer responsabilidade, devendo o/s autor/es arcar(em) com todas as penalidades previstas em lei.

Quando houver uso de imagens, todos os procedimentos devem der adotados pelo/s autor/es. A Universidade Federal do Amapá isenta-se de qualquer ilegalidade cometida, sendo o ônus de possível irregularidade assumida pelo/s autor/es.

A aprovação do trabalho implica automaticamente a cessão dos direitos autorais relativos ao trabalho.

 

Ética de publicação e boas práticas

Publication ethics and malpractice statement

PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP segue as diretrizes do Código de Conduta e Boas Práticas do COPE (Committee on Publication Ethics) e as submissões devem atender a essas diretrizes: para conhecimento do Código consulte o texto original em inglês ou sua tradução para o português.

 

Fator de impacto

PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP possui o seguinte fator de impacto:

 Indíce h5