BASES TEÓRICO-CONCEITUAIS DAS PROPOSTAS METODOLÓGICAS DE MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE E FRAGILIDADE AMBIENTAL

Kássio Samay Ribeiro Tavares, Ivanilton José de Oliveira

Resumo


A paisagem geográfica é concebida como um conceito síntese resultante da integração de componentes naturais e sociais. No contexto geomorfológico, o estudo das paisagens resultou em propostas cartográficas avaliativas, como mapeamentos de fragilidade e vulnerabilidade. Compreender as bases teóricas e conceituais dessas propostas é o objetivo deste artigo. Assim, foram selecionadas as mais utilizadas e citadas no Brasil: a fragilidade ambiental e vulnerabilidade natural à erosão do solo. Metodologicamente houve pesquisa bibliográfica. Como resultados, destaca-se: emprego dos conceitos de paisagem e de sistema, mas sem vínculo à Teoria Geral dos Sistemas, além de clara relação de ambas com a Ecodinâmica.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2022 Planeta Amazônia: Revista Internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.