ANÁLISE DA CAPACIDADE DE SUPORTE EM ÁREAS PROTEGIDAS: A ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO ESTUÁRIO DO RIO CEARÁ E O PARQUE BOTÂNICO DO CEARÁ, FORTALEZA/CE

Karinne Wendy Santos de Menezes

Resumo


Este artigo tem a finalidade de avaliar a capacidade de suporte, por meio das potencialidades e limitações, assim como as condições ecodinâmicas e de vulnerabilidade, da Área de Proteção Ambiental do Estuário do Rio Ceará e do Parque Botânico do Ceará, unidades de conservação de uso sustentável e de proteção integral, respectivamente, localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza/CE. O método sistêmico foi utilizado na pesquisa, metodologia da Ecodinâmica das Paisagens. Assim, foi realizada a contextualização dos sistemas ambientais identificados nas áreas. A análise da capacidade de suporte dos sistemas foi associada às condições de ocupação nasunidades de conservação.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/planetaamazonia.2018n10.p23-34

Direitos autorais 2019 Planeta Amazônia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.