ESPAÇO E TEMPO NA AMAZÔNIA SETENTRIONAL: A GÊNESE DA FORMAÇÃO TERRITORIAL DO ESTADO DE RORAIMA

Lúcio Keury Almeida Galdino, Edson Vicente da Silva, Adryane Gorayeb

Resumo


A colonização portuguesa (séculos XV e XIX), marcou um período de conquistas e conflitos no território brasileiro, visava a exploração natural e humana. Atualmente, os estados da Amazônia vêm atraindo discussões, debates e produções científicas nos diversos campos acadêmicos, ao mesmo tempo em que se contextualizam questões sociais, culturais, territoriais e ambientais, objetivando entender o início da formação territorial de Roraima, baseando-se em informações bibliográficas, pesquisas de campo, registros/documentos historiográficos e fotos. Metodologicamente, usou-se recortes históricos sobre Rio Branco e da questão indígena. Os resultados remetem-se ao entendimento da formação do território e entender a sua atual organização social.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/planetaamazonia.2017n9.p133-146

Direitos autorais 2018 Planeta Amazônia: Revista Internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Planeta Amazônia: Revista internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas (ISSN 2177-1642). Publicação oficial do Programa de Mestrado em Direito Ambiental e Políticas Públicas da Universidade Federal do Amapá - UNIFAP.