A POLÍTICA E A FORMAÇÃO DO ESTADO NO BRASIL: UMA ANÁLISE NO CONTEXTO CONCEITUAL DA RACIONALIZAÇÃO PARCIAL E DA MODERNIZAÇÃO DA SUPERFÍCIE

Daniel Chaves de Brito

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar uma reflexão sobre os aspectos fundamentais da formação da sociedade brasileira a partir de uma analise do processo de modernização das estruturas do Estado e da ordem política. A ideia central é de que a ordem socioeconómica e sociopolítica, que se implantou na sociedade brasileira, não foi capaz de absorver os princípios de uma racionalidade baseada na calculabilidade da adequação de meios e fins. Isto significa que essa ordem política e econômica não possuem os mesmos elementos que marcam esse processo, sobretudo, no contexto europeu. Assim, conceituamos esta ordem, por suas características elementares e sua singularidade, de racionalidade parcial. Estes elementos estão evidentes nas renitentes estruturas patrimoniais, que dão sustentação a processo de reprodução social assentados em relações sociais regidas pelo clientelismo, autoritarismo, pessoalidade, parentesco e etc. E os impactos deste modelo vem marcando profundamente as instituições políticas e sociais e o processo de desenvolvimento

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2017 Planeta Amazônia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.