PROTEÇÃO DA NATUREZA E CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS

Daguinete Maria Chaves Brito, Bárbara Lis Rabelo Brito, Gabrile Valente Siqueira

Resumo


O artigo discute os conflitos socioambientais em unidades de conservação. Em geral, estas áreas são criadas sem os requisitos básicos que considerem as comunidades afetadas. Não obstante as unidades de conservação sejam ferramentas importantes para a política e gestão ambientais, é necessário que as populações envolvidas participem de todas as etapas dos processos de instituição e execução destes espaços. O objetivo desta análise é entender os conflitos advindos da relação: exploração dos recursos ambientais e atividades socioeconômicas praticadas pelas comunidades que residem em unidades de conservação. E ainda, avaliar como estas atividades afetam os objetivos de proteção destas áreas. O principal resultado da pesquisa é que os conflitos socioambientais concernentes às unidades de conservação são complexos e de difícil supressão, pois é parte intrínseca das relações sociais, e imprescindível ao desenvolvimento da vida humana.


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Planeta Amazônia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.