Educação ambiental não-formal como instrumento de mediação com o meio ambiente: reflexões sobre o espaço social do assen-tamento rural Nova Canaã

Risolete Nunes de Oliveira Araújo, Adelma das Neves Nunes Barros Mendes

Resumo


O presente trabalho constitui-se de reflexões acerca do espaço social do assentamento rural Nova Canaã, localizado no Município de Porto Grande no Estado do Amapá/Brasil. Objetiva-se com o presente estudo identificar o espaço social, a heterogeneidade e os sujeitos que interagem naquele espaço. Para discutir a importância da Educação Ambiental não formal como instrumento de mediação entre sujeito e  meio ambiente. O estudo foi realizado por meio de pesquisa qualitativa com análise bibliográfica e questionário semiestruturado aplicado a 10% da população efetiva do assentamento, que corresponde a 34 assentados que estão à frente da entidade familiar e realizam atividades voltadas para a agricultura dentro da unidade produtiva. Na sociedade contemporânea é premente a necessidade de construir caminhos que possam contribuir efetivamente na relação sociedade-natureza, em sua complexidade e potencializar as ações de Educação Ambiental que se alinhem às necessidades locais.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2014 Planeta Amazônia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.