Classes de palavras e as marcas pronominais em Paresi

Ana Paula Barros Brandão

Resumo


O objetivo deste artigo é descrever as propriedades semânticas e morfossintáticas de nomes, verbos e adjetivos em Paresi, especialmente o tipo de marcadores pronominais que eles recebem. Paresi é uma língua aruák falada por aproximadamente 3000 pessoas no estado de Mato Grosso, Brasil. Em Paresi, existem duas grandes classes de palavras que podem ser definidas: nomes e verbos. Essas classes podem ser bem definidas de acordo com fatores sintáticos, semânticos e morfológicos. Por outro lado, não há distinções claras entre adjetivos e verbos intransitivos. Essas duas classes compartilham muitas semelhanças. Em termos linguísticos, os adjetivos tendem a compartilhar propriedades com substantivos e / ou verbos (WETZER, 1992). Em Paresi, Silva (2103) analisa palavras descritivas como verbos inacusativos, enquanto Brandão (2014) prefere analisar a maioria dessas palavras como verbos intransitivos e algumas delas como adjetivos. Vamos discutir o problema com a análise de Brandão. Além disso, a comparação das três classes mostrará que a marcação pronominal pode agrupar nomes, verbos intransitivos não-agentivos e adjetivos.


Palavras-chave


verbos; controle; Paresi

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/rbli.2018v1n1.p05-14

Direitos autorais 2018 Revista Brasileira de Línguas Indígenas

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.