Uma Medeia no interior de São Paulo

Michel Ferreira dos Reis

Resumo


O presente trabalho tem o objetivo de analisar alguns aspectos da recepção da performance de uma peça teatral encenada pelo grupo Ditirambo, na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, que se baseia na peça de Eurípides intitulada Medeia. Para o enriquecimento da análise, as contribuições e estudos sobre a teoria da recepção da performance de Edith Hall (2004) são usadas. Desse modo, o trabalho verifica como corpo, mimese, memória, psique, contingência, orientação temporal e potência política aparecem na montagem em questão. Na peça, verifica-se uma sobreposição de temas relacionados à rejeição e ao apagamento da voz feminina que encontra na violência a forma de se expressar, bem como a temática da política que envolve Medeia e Creonte, associando-a à época de produção da encenação no Brasil.

Texto completo:

PDF PORTUGUÊS


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2022v12n2.p%25p

Direitos autorais 2022 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.