Literatura e pintura neorregionalistas: desdobramentos possíveis

Rhusily Reges da Silva Lira, Herasmo Braga de Oliveira Brito

Resumo


As produções literárias contemporâneas têm como característica a hibridização com outras produções artísticas que estabelecem outras criações e sentidos. Dessa maneira, o presente estudo propõe uma análise das linguagens – literária e pictórica – de temática neorregionalista. O estudo tem como corpus o romance Coivara da memória (1996), de Francisco Dantas e as telas: A Rocha (2014); Bastianinha (2016) e a última sem título de (2013) do pintor brasileiro Alfredo Vieira. Nossas análises são pautadas nas configurações do neorregionalismo brasileiro, tendo como foco a configuração que concerne à temática da memória como recurso para evidenciar a tradição cultural popular e, assim, possibilitando a efetivação da identidade brasileira.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2021 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.