Tradução dos sinais-termos das expressões regionais de Santarém/PA e Boa Vista/RR

Thaisy Bentes, Luciano Bruno dos Santos Lobato, Lucas Nascimento

Resumo


Este trabalho tem como objetivo catalogar e registrar sinais-termos das expressões dialetais de duas comunidades surdas do norte, Boa vista-Roraima e Santarém-Pará. A pesquisa vem se desenvolvendo através de aproximações, pesquisa etnográfica e eliciação com sinalizantes surdos e não surdos através da observação participante junto a estas comunidades, a fim de se obter um embasamento reflexivo acerca da questão de o porquê os surdos se empenharem tanto em “traduzir”, ou seja, criar um sinal específico para as expressões dialetais e até mesmo para as expressões sonoras próprias da cultura falada do norte, a exemplo de ÉGUA e TÉDOIDÉ. A catalogação dos referidos sinais-termos envolve uma reflexão acerca dos aspectos sociolinguísticos destas comunidades. Diante dos termos registrados e das observações etnográficas, percebemos o quanto, para essas duas comunidades surdas, são importantes e recorrentes o uso de tais expressões na sinalização cotidiana, principalmente, na interação surdo-ouvinte.

Palavras-Chave: Libras, Terminologia, Expressões regionais.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2020v10n1.p121-132

Direitos autorais 2021 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.