A narrativa rosiana e o regionalismo (ainda não) superado

Juliana Santini

Resumo


O ensaio “Literatura e subdesenvolvimento”, de Antonio Candido, estabelece a narrativa de João Guimarães Rosa como um ponto de mudança no paradigma de representação da ficção regionalista brasileira ao caracterizá-la como “super-regionalismo”, gerando a proposição de que a produção do autor superaria o dado local. Diante dessa constatação, o objetivo deste artigo é problematizar a ideia de superação do regionalismo em João Guimarães Rosa, observando o modo como o conto “Sequência” articula o sertão geográfico e material a um percurso de amadurecimento do personagem.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2020 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.