As mulheres modernas de Pagu em Parque industrial

Tânia Leal, Marcos Paulo Torres Pereira

Resumo


A literatura brasileira diz muito sobre as relações de poder existentes em nosso país, seja por meio da canonização de certos escritores – em sua maioria homens, brancos e de origem centro-sulista –, ou por meio de narrativas sobre realidades que não dizem respeito aos grupos subalternizadosda sociedade. Com as mudanças sociais no Modernismo literário brasileiro, surge a necessidade de questionar como a mulher se encontra nessa realidade de exploração da mão de obra do proletariado e de posses financeiras excessivas da burguesia – realidade que, por certo tempo, continuava ignorada.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2019 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.