Genética intertextual e lusógrafa no discurso do romance Terra Sonâmbula, de Mia Couto

Leonardo Matos Coe

Resumo


Pela análise do texto do romance Terra Sonâmbula, de Mia Couto, percebem-se semelhanças com algumas das melhores obras produzidas pelos autores da literatura latino-americana. Isso pode demonstrar ligação de causa, configurando relação com o trabalho de oficina do autor, isto é, matéria da crítica genética literária. As inspirações de moldam o produto da escrita do autor, além das marcas no papel do texto manuscrito, podem formar um conjunto de caracteres fundamentais para o estudo da origem da intenção de determinado produto literário.


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.