Epopeia e religião: fronteiras entre mito e história

Christina Bielinski Ramalho

Resumo


Estudo da presença de Deus e de Jesus em epopeias estrangeiras e brasileiras, a saber: A saga de Mem de Sá, Memorial da infância de Cristo e Triunfo do Divino Amor, Anchieta ou O evangelho nas selvas, Christ e A cabeça calva de Deus, com o intuito de observar o modo como as fronteiras entre mito e história foram trabalhadas em poemas épicos religiosos ou de contaminação religiosa, com destaque para a importância do plano literário como agente de releitura de imagens míticas religiosas e de reinvenção da própria história. Espera-se também, com este breve estudo, contribuir para a constatação da permanência do épico como materialidade da arte literária em que mito e história ganham aderência através do heroísmo épico, resultando em expressões de importante caráter cultural, por revelarem pontos de vista que traduzem a experiência humano-existencial através dos tempos e dos espaços.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2018v8n3.p59-74

Direitos autorais 2019 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.