ESPIRITUALIDADE ATEIA: UM ENSAIO SARAMAGUIANO

KARINA MASCI SILVEIRA RAYDAN

Resumo


A literatura de José Saramago é envolta em polêmicas acerca das provocações e críticas religiosas expressas pelo autor. Em suas obras podemos identificar uma complexidade psíquica das personagens e questionamentos sociais, culturais, religiosos e existenciais. Na trama de Ensaio sobre a cegueira (ESC) podemos pensar em uma metáfora que remete à cegueira social e em reflexões, virtudes e posicionamentos humanos que apontam para a superação desse mal. Percebemos que a literatura de Saramago é permeada de apontamentos para a construção de valores humanos, revelando expressões sobre uma espiritualidade ateia. Embasados nas contribuições teóricas de André Comte-Sponville no que tange a espiritualidade ateia, objetivamos a construção de pontes entre esse fenômeno religioso e a obra saramaguiana. Para tanto, nos aportaremos, metodologicamente, nas contribuições do campo da teopoética.




Direitos autorais 2019 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.