O cristianismo como modelo social em Leonor de Mendonça, de Gonçalves Dias

Douglas Ceccagno

Resumo


Desde as origens do drama brasileiro, a fé cristã está presente de variadas formas nos textos teatrais. Este trabalho analisa a representação da religião na peça Leonor de Mendonça, de Gonçalves Dias, a fim de perceber as analogias existentes entre a mitologia do Cristianismo e as relações sociais que se estabelecem entre as personagens do drama. Além disso, identifica-se a retomada, pelo autor, da ideia de amor cortês, presente na literatura trovadoresca medieval. Para tanto, tomam-se como fontes bibliográficas itens da fortuna crítica de Gonçalves Dias, da historiografia da literatura e de estudos do imaginário, especialmente no que diz respeito à interpretação de símbolos religiosos. Assim, conclui-se que a mitologia cristã não é somente cultuada religiosamente entre as personagens da peça, mas ainda serve de modelo para as relações entre elas, incluindo o modo como se estabelecem os problemas e comportamentos dos caracteres dramáticos.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2018v8n3.p129-138

Direitos autorais 2019 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.