POLÍTICA ALÉM DA VIDA: O ROMANCE ESPÍRITA NOSSO LAR E A IDEIA DE ORGANIZAÇÃO POLÍTICA E SOCIAL NA VIDA APÓS A MORTE

Alexsandro Melo Medeiros

Resumo


A literatura espírita compreende um cem número de obras de divulgação doutrinária dentre as quais se destacam os romances, as crônicas, os poemas e cuja autoria é atribuída aos mortos. O que vemos nestas obras? Em geral a mensagem espírita é clara: a vida não cessa. A morte nada mais é do que uma passagem, para uma outra realidade, uma outra dimensão. O que acontece então no pós morte? O público leitor de romances espíritas encontra uma série de questões ligadas à cosmologia própria do espiritismo que enfatiza a realidade da vida após a morte, a reencarnação, a lei moral de causa e efeito/evolução e muitos outros temas. Neste artigo pretende-se dar uma resposta a esta questão do ponto de vista de como se organiza a vida em sociedade no chamado plano espiritual, tomando como base um dos mais conhecidos romances da literatura espírita, que se transformou inclusive em uma produção cinematográfica, a saber, Nosso Lar ditado pelo espírito André Luiz através da psicografia de Chico Xavier. Como metodologia utilizou-se a pesquisa bibliográfica tomando como fonte principal a obra Nosso Lar, além de artigos, teses, dissertações e livros que discorrem sobre o tema em análise. Conclui-se que Nosso Lar, ao longo de sua narrativa, nos apresenta uma forma de organização política e social em parte muito semelhantes ao do plano terreno, com governadoria, ministérios, organização de trabalho, serviços de comunicação, transporte e que comporta uma estrutura política hierárquica de caráter eminentemente moral, evolutivo e espiritual.



Direitos autorais 2019 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.