LITERATURA E INFORMAÇÃO NA CARTA DE PERO VAZ DE CAMINHA

José Wander de Paula

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de analisar a Carta Fundadora escrita pelo escrivão das naus portuguesas, Pero Vaz de Caminha, a partir de uma análise de seus objetivos iniciais e a ressonância da escrita utilizada pelo escritor para a informação e o deslumbramento. Esta perspectiva é guiada a partir de referencial teórico sobre a Carta e a formação da Literatura Brasileira, a partir do que estudou: Massaud Moisés (2001), Silvio Castro (1996) e Carlos Nejar (2007) – escritores que parecem cotejar da mesma resolução de entrever no texto de Caminha recursos literários. Também foi utilizado a reflexão efetuada por Terry Eagleton (2006) sobre o que é Literatura, com a qual foi possível problematizar a definição do tema em relação à carta de Pero Vaz de Caminha e seu estilo de escrita. Foi utilizada como material de consulta a Carta com a ortografia atualizada, disponível em domínio público.



Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2018v8n1.p555-568

Direitos autorais 2018 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.