POLÊMICA, PROMOÇÃO E RETROALIMENTAÇÃO: O MANDARIM, DE ARTUR AZEVEDO E MOREIRA SAMPAIO, E SUA REPERCUSSÃO NA IMPRENSA

Rodrigo Cézar Dias

Resumo


A temporada de apresentação da peça O mandarim, de Artur Azevedo e Moreira Sampaio, foi ensejo para diversas manifestações na imprensa fluminense ao longo dos primeiros meses de 1884. Posto isso, o presente trabalho propõe uma análise formal da peça articulada com a leitura de sua repercussão na imprensa, observando as dinâmicas de polêmica, promoção e retroalimentação que podem ser recuperadas a partir da reconstituição do diálogo entre revista de ano e gêneros discursivos veiculados na imprensa, tais como a crônica, a publicação a pedido, o anúncio publicitário dentre outros.

Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2018v8n1.p419-436

Direitos autorais 2018 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.