O HERÓI CÔMICO: TRIGEU E O ESCARAVELHO NA PAZ DE ARISTÓFANES

Ana Maria César Pompeu, Bárbara Araújo dos Santos, Manuela Maria Campos Sales

Resumo


RESUMO: Ao examinar o tipo de heroísmo dos protagonistas da comédia de Aristófanes, Whitman (1964), enumera o que considera essencial. O primeiro ponto é que eles são bem-sucedidos em seus grandes planos, e tal sucesso é considerado algo bom, mas de que sentido e para quem, exceto para o próprio herói, é o que não está tão evidente. Tais triunfos são conseguidos através dos absurdos próprios do gênero cômico. A comédia de Aristófanes está representada na figura híbrida de Trigeu e o Escaravelho, na peça A Paz, e o herói cômico é esse ser grotesco, misto de homem e fera que se torna divino por sua luta pela cidade justa.

PALAVRAS-CHAVE: Herói cômico, Aristófanes, Paz, Grotesco.


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2017v7n3.p85-100

Direitos autorais 2018 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.