PRÁTICAS TEATRAIS: UM ELEMENTO LÚDICO NO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA ESTRANGEIRA

Aldenice de Andrade Couto, Maria da Glória Magalhães dos Reis

Resumo


Este artigo apresenta algumas reflexões sobre as práticas teatrais no processo de ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira, e como a referida prática pode ser um elemento lúdico para ensinar-aprender uma língua estrangeira.  O arcabouço teórico utilizado para dar suporte a esta investigação contempla autores que abordam os conceitos de atividades teatrais e atividades lúdicas. Desta forma, a partir dos resultados deste estudo, ressalta-se que o teatro pode ser um real suporte pedagógico para um professor de Língua Estrangeira (LE) que busca desenvolver a expressão oral de seus alunos. Pode-se dizer, ainda, Payet (2010), que o teatro pode não somente auxiliar no que concerne à expressão oral, mas todas as competências que o professor deseja trabalhar nas aulas de LE. Além disso, o teatro pode se mostrar como um verdadeiro meio para favorecer a fala dos sujeitos que aprendem uma língua estrangeira, graças ao seu lado lúdico, que desmistifica o esforço da aprendizagem e determina a motivação e a atitude dos alunos rumo ao objeto da aprendizagem, e que acelera o processo de aquisição. 


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2018v8n1.p631-656

Direitos autorais 2018 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.