AGUÇAMENTO E INTENSIFICAÇÃO DA COMUNICAÇÃO EM DIE WAND DE MARLEN HAUSHOFER

Dionei Mathias

Resumo


RESUMO: O romance Die Wand (A parede), escrito pela autora austríaca Marlen Haushofer, foi publicado em 1963, representando uma das mais importantes obras literárias da segunda metade do segundo XX, na literatura de expressão alemã. Este artigo pretende analisar esse texto, com vistas ao papel da comunicação em seu universo diegético. Após uma introdução e a definição teórica de alguns termos, o artigo passa a explorar a questão da comunicação em três contextos: (1) o aguçamento do diálogo espaço-temporal, (2) a percepção corporal e a reorganização da memória, por fim, (3) a sintonização entre animais e humanos. A discussão neste artigo termina com uma tentativa de compreender o simbolismo da parede invisível que isola a protagonista, argumentando que esta representa a comunicação. 


Texto completo:

PDF Português


DOI: http://dx.doi.org/10.18468/letras.2017v7n3.p319-339

Direitos autorais 2018 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.