DE DRUMMOND A CYRO DOS ANJOS: AS OPÇÕES DE UMA GERAÇÃO DE INTELECTUAIS NO MODERNISMO DE 30

Aliny Santos Justino

Resumo


Este artigo tem como objeto principal a obra O amanuense Belmiro (1937), de Cyro dos Anjos. Pretendemos analisar a relação dialógica entre o contexto presente no romance e o que é apresentado por Carlos Drummond de Andrade em Confissões de Minas (1944). Desta forma, analisaremos como as perspectivas filosófico-políticas dos personagens do romance estão diretamente relacionadas à atmosfera intelectual do contexto histórico de 1930. Trata-se de evidenciar como estes personagens refletem as posturas intelectuais do contexto de 1930, e que são apontadas por Drummond em sua obra.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.