ESTRUTURA RIZOMÁTICA NA POESIA VISUAL DE ARNALDO ANTUNES

Keila Mara de Souza Araújo Maciel

Resumo


Com o objetivo de traçar mapas de orientação em relação ao ambiente de produção poética contemporânea, esse artigo propõe discutir a conflituosa relação entre a poesia visual de Arnaldo Antunes e o mercado cultural. Para desenvolvimento dessa proposta, buscamos apoio nos conceitos de rizoma de Gilles Deleuze e Félix Guattari, e nos estudos de Vilém Flusser, para compreensão do devir da poesia visual em meio aos recursos tecnológicos.

Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2015 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.