LETRAMENTOS NO WHATSAPP: AGÊNCIA HORIZONTALIZADA EM PIBIC EM LETRAS

Jane Pereira Arimura, Nara Hiroko Takaki

Resumo


Observa-se que a sociedade contemporânea requer uma atuação em rede dos cidadãos que dela querem e podem participar. A atuação em rede significa interagir com outros pertos, distantes, presencialmente, virtualmente de forma conectada, expansiva, criativa, colaborativa e rápida. Isso porque os comportamentos humanos se modificaram em função das mídias digitais e, portanto, novas formas de construção de saberes e agência humana estão em jogo. Essa percepção condiz com os objetivos dos letramentos críticos (Cervetti, Pardales, Damico, 2001; Menezes de Souza, 2011; Monte Mór, 2014; Takaki, 2014; Zacchi, 2014; Freire, 2005, dentre outros). Nesse sentido, para a realização de uma pesquisa de Iniciação Científica, foi criado um grupo LC (Letramento Crítico) no WhatsApp, que oportunizou espaço para reflexões, questionamentos, ressignificações de imagens, notícias e charges de maneira criativa e relevante para os contextos dos participantes. Ao interagir e construir significados em relação a determinado assunto, os participantes passaram a ser autores. A metodologia da pesquisa seguiu orientação etnográfica e qualitativa, ou seja, o ambiente foi observado por meio das construções de sentido dos participantes e intervenções da pesquisadora. Este artigo discute uma interação entre os participantes sobre a configuração de família e questões de gênero em uma determinada novela da Rede Globo. Ainda, o artigo aborda um protesto específico a favor da diminuição do valor da mensalidade do transporte estudantil. O processo de pesquisa e a análise de dados sugerem que o movimento estudantil envolveu: criticidade, criatividade, iniciativa, cooperação e organização, que são requisitos necessários para os “novos” letramentos. A conclusão aponta que a construção crítica, autocrítica e agência colaborativa possibilitam outras perspectivas e organizações e que promovem mudanças locais-globais.

Palavras chave: Cidadania Participativa e Transformativa; Letramentos; WhatsApp; Aprendizado Colaborativo e Crítico.

 


Texto completo:

PDF Português


Direitos autorais 2016 Letras Escreve

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.